Ecos

Ei! (ei, ei, ei...)
Quem é o rei? (ei, ei, ei...)
Que impõe a dor (or, or, or...)
E dela faz lei (ei, ei ,ei...)
Suplícios agüentei (ei, ei, ei...)
Esperanças cativei (ei, ei, ei...)
Nada encontrei (ei, ei, ei...)

SOLIDÃO

Ninguém
A vida sem alguém
Não tem

AMOR (or, or, or...)





ago./1998

Comentários